segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Não fuzilem o mensageiro



Esta "piada", por nós ilustrada, constava do repertório de um popular artista das cassetes de anedotas. É realmente triste verificar aonde chega a ordinarice e a falta de gosto de certas pessoas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Chamamos a atenção para que comentários com ordinarices, insultos, má-educação, serão automaticamente aprovados. São especialmente bem-vindas ameaças de cargas de porrada, processos judiciais e tiros nos cornos. Comentários elogiosos serão implacavelmente censurados.